Fetam realiza a oficina “Elementos dos Orixás Como Criação Cênica”

Os encontros acontecerão pela plataforma Zoom nos dias 05 e 06 de abril às 18h, com carga horária total de oito horas. Podem se inscrever interessados a parti de 16 anos. As inscrições iniciam dia 01 de abril e duram até esgotarem as vagas. 

“Elementos dos Orixás como preparação cênica” é uma oficina artística, que visa compartilhar saberes produzidos no campo da Performance e do Teatro Ritual, desenvolvidas em pesquisas afrocentradas, propondo os elementos da natureza e os arquétipos dos Orixás como ferramentas possíveis para uma criação cênica sensível e prática. 

Nesta oficina, os artistas-pesquisadores Randy Souza e Vitor Rocha, convidam os praticantes a explorarem os elementos terra, fogo, água, ar e as entidades da cosmologia africana, como norteadores das provocações imagéticas e sensoriais. Os participantes estarão imersos em pesquisas e narrativas diaspóricas, que entendem a colonização como um abismo criado entre os brasileiros e suas origens, acentuando a falta de referências e gerando preconceitos. 

No decorrer da oficina, serão explorados coletivamente saberes populares e acadêmicos, valorizando o vínculo da ancestralidade com a contemporaneidade. Explorar-se-á as memórias afetivas dos participantes através de oralituras; serão introduzidos a cosmologia e cosmogonia afrodiaspórica; desenvolve-se conceitos e práticas de pré-expressividade e dilatação corporal, apura-se um pensamento crítico e sensível sobre criação individual; serão instigados a experimentarem movimentações a partir do estudo de cada elemento; além de ao final da oficina proporem sua criação com os elementos da natureza escolhidos para a coletividade. 

Randy Souza é Natural de Manaus – AM, iniciou seus processos artísticos em Campinas, São Paulo, juntamente ao Ateliê TRANSmoras, posteriormente estudou teatro e performance no Rio de Janeiro, tem 25 anos, é pessoa trans não binária e viva. Suas pesquisas e criações acontecem no campo do Teatro, Performance , Gênero, Sexualidade e Interferência urbana.

Vitor Rocha é multiartista. Trabalha como artista, comunicador, produtor cultural e pesquisador. É graduando em Licenciatura em Teatro pela Universidade do Estado do Amazonas – UEA. Idealizador da Café Preto produções artísticas; intérprete-colaborador em dança contemporânea na Contém Dança Cia. Além de produzir seus trabalhos independentes. Suas pesquisas são voltadas aos movimentos, espiritualidade, sexualidade, não pertencimento e performance afro-brasileira.

As oficinas fazem parte da programação da 14ª Mostra de Teatro do Amazonas que acontecerá de 01 de abril a 01 de maio de 2021. O evento tem o apoio cultural do Governo do Amazonas, pela Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa por meio do Edital Cultura Criativa, Lei Aldir Blanc – Prêmio Feliciano Lana. Com o intuito de fomentar a produção e gestão artístico-cultural do Estado do Amazonas, promovendo intercâmbio, oficinas, bates papos, rodas de conversas e exibição de espetáculos.

Vitor Rocha

Confira um pouco do trabalho de Vitor Rocha

Compartilhe nas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content